Depois de um tempo,
depois de reorganizar minha vida...

Reformulando o Blog...

Como deixar de lado por tanto tempo minha maior paixão?

Escrever!!!!





sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Como a idade influencia

(Escrito em 13/08/2011)

Esta noite quase não dormi, uma das coisas é o que vou relatar, outra é a idéia deste post, que não poderia esquecer.

Preparem-se para rir bastante, pois hoje eu acordei inspiradinha, por este assunto.

Ontem, como de costume, fui levar mais uma remessa de mudança para a casa nova. Cheguei lá, descarreguei a mudança e fui falar com a dona da casa Telma, que é um anjo de pessoa. No meio do papo eu disse a ela que estava meio indisposta, com dor do lado direito da barriga. Ela me sugeriu um “Buscopam” e falou em “gases”.

Vim para o apartamento e me deitei. Não consegui dormir, tamanha a dor que eu estava sentindo. Eu me retorcia na cama.

Pensei em visícula... mas não sei onde ela se localiza dentro do corpo!

Andei tendo infecção urinária, será que era a bexiga novamente?

Daí me veio na cabeça o apêndice. Mas eu não estava com febre.

Não queria comer nada. Estava enojada. Há muito custo e com muita dor fui buscar a Malu na escola, voltei para casa e segui toda a rotina de banhos e televisão e biscoito, enfim...

Depois fiquei sentadinha bem quietinha, com dor. E meus pensamentos voando em função das diversas doenças que eu poderia estar desenvolvendo dentro do meu corpo.

O Anderson ligou me convidando para comer uma pizza com vinho... e agora?! Minha dor! Tu queres muito jantar fora hoje?” “Quero!” “Está bem, então vamos!. Como eu poderia comer se estava enjoada, e se fosse o fígado?! Pizza + vinho = morte!

Mas sou parceira! Fomos. Eu dirigindo, com dor, a Malu dormiu na cadeirinha dela. Buscamos ele na empresa e de lá seguimos a Macaé para uma janta.

Por sinal fomos numa pizzaria no alto da Glória, com uma vista lindíssima do mar e a pizza também maravilhosa.

Eu o tempo inteiro caminhando meio torta. Muita dor!

Resolvi contar ao Anderson, nós na mesa da pizzaria, falei sobre todo o meu dia e a possibilidade de eu estar desenvolvendo uma doença bem grave. Ele delicado, prontamente respondeu Para Pê! Certo que é peido!.

Comi! Bebi! Comi sobremesa! Estava sensacional!

Em casa tomei um chá de marcela para prevenir.

No meio da noite acordei. Uma fisgada enorme e horrorosa na barriga. Fui para o banheiro. Nossa!

Como a cabeça da gente fantasia coisas né?! Principalmente quando a gente vai adquirindo mais idade. Nunca imaginei que seria assim, achei que eu seria desencanada como sempre fui durante minha adolescência e juventude, onde eu poderia estar com muita dor, muita gripe, muita tosse, mas eu não negava nada! Agora não, parece que a gente vai ficando mais velha e tendo medo da morte, daí fica viajando...

Mas eu estou bem. Ainda dói a barriga, mas já senti o que é, e realmente, são gases! Enquanto estava digitando este post me diverti aqui na cadeira... ainda bem que ainda não fizeram um Blog que dê para sentir cheiro, caso contrário vocês estariam ferrados!

(Escrito em 13/08/2011)

2 comentários:

cantinho de Jake croche disse...

Hahahaha...me diverti muito com este teu post...mas ainda bem que como diz o Anderson era só "Peido"...hahaha...muito melhor do que algo grave.E também fiquei satisfeita de não haver blog que sinta o cheiro ...hahahahaha....Mas que bom amiga que foi só um susto,um susto fedorento.....hahaha...é claro.
Tu é uma figura,muito importante para mim,por sinal.
Beijos!!1

Anônimo disse...

a idade influencia e o google tb ... eu sou campeã de sentir alguma coisa, procurar no google e achar um monte de doenças, no final não é nada .... - Carla Braun