Depois de um tempo,
depois de reorganizar minha vida...

Reformulando o Blog...

Como deixar de lado por tanto tempo minha maior paixão?

Escrever!!!!





quinta-feira, 29 de março de 2012

Sexta-feira: Promete!

Nossa... Em alguns anos atrás, eu me lembro, cada loucura...

Nós brincávamos (lembra João Paulo?) que o Corsa do pai, um sedan vermelho sabia o caminho do Bar Opinião para Cachoeirinha, que a gente nem precisava se preocupar. Daí vinha eu de carona na frente – o João que dirigia, pois eu só confiava nele para dirigir bêbado!; a Melissa e a Cris e às vezes a Kelen também, nós todas dormindo, babando... Meio bêbadas, querendo ser sóbrias... Que perigo!

E num final de semana, tempo depois, eu, Jones e Marcela indo à praia já “abastecendo” no carro mesmo, na free-way, uma caixinha de isopor que tinha no banco de trás.

Credo!

Mas achava legal já incentivar o “Borboletas pela Vida”, que aí no sul todos sabem do que se trata, mas para quem não sabe esse é o link oficial: http://www.vidaurgente.org.br/site/



A gente ia pro “postinho” para “abrir os trabalhos”, como a gente mesmo dizia. Ou então começávamos no “Dia Seguinte”, esse era o nome do bar. Uma vez, eu lembro, eu e o João ficamos fazendo bolinha de papel com o papel do maço de cigarros e acabou o papel do maço e nós continuamos bebendo! De carro?! Sim! E ainda pensávamos “tirinho curto, não dá nada!”.

A gente já foi até fazer vestibular, bêbados e dirigindo...

Mesmo depois do acidente dos meus pais em dezembro de 1997, onde eles foram atingidos por um gol (imaginem: o gol deu perda total no Santana que meu pai dirigia! E além de perda no Del Rei que estava na frente do carro do pai, deixou paraplégico o motorista) e que o motorista estava bêbado e fugiu e até hoje está impune; mesmo depois daquilo eu segui sendo irresponsável, aquela coisa de “adolescente”: *Isso nunca vai acontecer comigo!*

Passado que me condena?!

Não!

Fiz bastante coisa irresponsável, mas o amadurecimento fez com que eu pudesse enxergar isso melhor.

Cada vez que vejo minha filha hoje penso no que devo ensinar a ela, no que é importante... E cada vez mais vejo que o “blá, blá, blá” não resolve se o meu exemplo é diferente.

A geração nova é assim: faça o que eu faço!

Diferente da minha que meus pais tinham o costume do “façam o que eu digo e não o que eu faço”. Meu exemplo irá decidir o caráter da minha filha e isso é baita responsabilidade!

Por isso hoje eu resolvi abraçar a causa e divulgá-la aqui, para que vocês abracem também, junto comigo e com minha família!



Já assinei e afirmo: "facinho", "facinho"! Só precisa ter em mão o título de eleitor para colocar direitinho, os dados, e fazer valer a sua assinatura. Além disso, a gente estará fazendo só um pouquinho da nossa parte, pois nossos políticos não estão dando conta disso!

#Ficaadica!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Bom final de semana! E se beber, não dirija!

2 comentários:

cantinho de Jake croche disse...

É a mais pura verdade amiga!!!
Exemplo é tudo. Claro que o BLÀ...BLA...BLÀ ...dá uma ajudinha. Pelo menos aqui em casa,eles ouvem muito uma conversa séria. Mas essas conversas sem exemplos não seriam nada.
A gente não é perfeito,mas eu tento da melhor forma passar uma base melhor possível pra eles.
E tu sabe que a galerinha aqui é grande,tem pra todas as fases...hehehe!
Beijos amiga e parabéns por mais um post de alerta e comoção!!!

Anônimo disse...

Pior!!!
Sempre foi assim, sexta-feira promete!!! Sendo que era o primeiro dia do finde, e ate hoje, nós sabemos o quanto é dificil concientizar as pessoas, mas é bem por aí, pelos filhos vale tudo!!! Então, valeu a dica e sexta-feira no caso, hoje em dia, pode ser boa sem ser de cara cheia, nos que conseguimos vencer esta etapa que o diga, uma boa comida, uma boa conversa, amigos queridos e eternos mesmo à distância...Que venha mais um finde, com saúde e quie Deus nos abençõe sempre. Te amamos... Cris Pinho