Depois de um tempo,
depois de reorganizar minha vida...

Reformulando o Blog...

Como deixar de lado por tanto tempo minha maior paixão?

Escrever!!!!





sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Mamãe olha o buraco que o titio fez!

Olá meus amigos queridos que eu estou louca de saudade!
Vocês sabem o que é isto?



Claro! É um buraco! E cuidado, pois o prédio pode desmoronar! Este buraco foi feito antes daquele dia que o meu irmão Leandro veio aqui, eu tirei a foto depois e hoje ele ainda está aberto.
O que isso? Uma cisterna.
É incrível dizer isso: no Rio de Janeiro é indispensável, em algumas cidades, a cisterna. Vou explicar por quê.
Aqui em Rio das Ostras e Macaé a cidade cresceu de forma desordenada e muito rápida. Há pouco tempo que começaram a fazer rede de esgoto nos bairros, além de tratar o esgoto e, também, levar água potável a população através de uma empresa como a Corsan (Cedae aqui).
Por isso existe o uso da cisterna. A água ainda é uma coisa “escassa” aqui, por exemplo, no bairro onde moramos, ela “cai” (o Cedae manda água para os canos das residências) duas vezes por semana, terça e quinta. Sério!!!!
Então o que acontece, as pessoas constroem cisternas no subsolo, muitas vezes exatamente embaixo das residências de 3, 5 ou 7 mil litros para que quando a água “caia” encha os reservatórios e a pessoa não corra o risco de ficar sem água para as necessidades básicas e diárias.
Por isso, aqui as mulheres são bem diferentes daí. Aqui não existe “Maria Gasolina” (já mostrei pra vocês que aqui a galera adora uma bicicleta, né?), nem “Maria Chuteira”... Aqui existe “Maria Cisterna”. Mulher que casa bem é aquela que tem uma cisterna que reserve maior quantidade de água... Ainda bem que eu vim pra cá casada!!!
Beijos!!!
OBS: O Filme “Saneamento Básico” http://www.saneamentobasicoofilme.com.br/
poderia ter sido gravado aqui em Rio das Ostras... Os atores não precisariam ter se deslocado até o interior do RS para retratarem um problema que aí só ocorre na Zona Rural enquanto aqui na Zona Urbana! Ok! Estou com um “pinguinho” de raiva e utilizando meu lado “bairrista” de ser!
(Texto escrito em 02/08/2011)

2 comentários:

cantinho de Jake croche disse...

Pois é amiga!!!!E eu que pensei o problema de saneamento básico só acontecesse aqui neste nosso retirado "mundinho"...hehehehehe!Mas vejo que não é privilégio de nós Morungavenses não termos água tratada e também uma rede de esgoto a nosso dispor.Quem sabe um dia,não é?
Beijos Pri e um ótimo final de semana!!

Anônimo disse...

É impressionante que o Brasil, a sétima maior economia do planeta e dotado de recursos naturais invejáveis, trate tão mal o meio ambiente, principalemente os recusos hídricos!!Eu compartilho a tua indignação, pois se "eles", os governantes, fizessem o que lhes compete, o povo não sofreria tanto. Resta para nós educar os nossos filhos para que tenham conciencia ecológica e compromisso com a natureza, por que dos políticos não dá para esperar nada! Tu ficaste sabendo o que fizeram com os containers aqui em Poa?